Os gafanhotos se alimentam de plantações, pomares e pequenas roças. Segundo Rafael Pitta, pesquisador e entomologista, os insetos são chamados ‘Gafanhotos gigantes’, mas não são os mesmos da espécie Argentina e nem formam nuvens.

A presença de gafanhotos preocupa produtores da região da Baixada Cuiabana. Para os moradores, os insetos são vistos como ameaça à produção.

Há registro da presença de gafanhotos no Distrito de Bom Jardim em Nobres, a 151 km de Cuiabá, na área rural em Rosário Oeste, a 139 km da capital, e em Manso, em Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá.

Os gafanhotos se alimentam de plantações, pomares e pequenas roças. Segundo Rafael Pitta, pesquisador e entomologista, os insetos são chamados ‘Gafanhotos gigantes’, mas não são os mesmos da espécie Argentina e nem formam nuvens.

A orientação de Pitta é que os produtores usem inseticidas de forma conjunta. O Brasil não conta com produtos registrados que possam ser usados para controle desse tipo específico de inseto.

Fonte | G1

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *