A mãe perdeu a guarda da criança. O caso é investigado como maus-tratos. A mãe e o padrasto da criança são considerados suspeitos pelo crime e seguem presos.

Powered by Rock Convert

A criança de 2 anos que foi internada na UTI Pediátrica da Santa Casa de Rondonópolis, com traumatismo craniano, marcas de queimaduras de cigarro e fraturas nas costelas, que teriam sido causados pela mãe e pelo padrasto, recebeu alta médica.

O Conselho Tutelar informou que ele ficou internado na UTI da Santa Casa, acompanhado por uma pessoa da família.

O menino vai retornar para cidade de origem e o parente que o acompanhava tem preferência na adoção

A mãe perdeu a guarda da criança. O caso é investigado como maus-tratos. A mãe e o padrasto da criança são considerados suspeitos pelo crime e seguem presos.

A mãe foi encaminhada para a Cadeia Pública Feminina do município e o padrasto para a Penitenciária da Mata Grande.

O casal é de Alagoas e está em Rondonópolis há cerca de três meses. Eles não possuem outros filhos.

Fonte | G1

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *