Com a chegada dos agentes de segurança, muitos tentaram fugir e outros resistiram à prisão, sendo necessário o uso de força. No local, havia uma grande quantidade de bebida alcoólica e narguilés

A Polícia Militar (PM) fechou a festa de aniversário da Aline, na madrugada desta sexta-feira (31), no bairro Guarita, em Várzea Grande.  Cerca de 60 pessoas foram detidas, entre elas o policial militar M.F.D.C. o agente penitenciário R.A.D.V.D. Ambos estavam armados. Também foi detido o proprietário do local A.C.D.S e a advogada T..

A PM foi acionada, pelo Ciosp, para atender uma ocorrência de uma festa em que os participantes estavam realizando disparos de arma de fogo para o alto. Ao chegarem ao local, os policiais encontraram vários carros estacionados na rua e um grande barulho de som automotivo na residência.

Com a chegada dos agentes de segurança, muitos tentaram fugir e outros resistiram à prisão, sendo necessário o uso de força. No local, havia uma grande quantidade de bebida alcoólica e narguilés.

Os militares constataram que alguns dos convidados possuíam passagens criminais, no entanto, nada ilegal foi encontrado no local.

Os policiais penal e militar, que participavam da aglomeração, se apresentaram para a guarnição e informaram que estavam armados. Em checagem das armas, foi comprovado que as munições estavam intactas e que os tiros para o alto não foram disparados das armas dos agentes.

Foram apreendidos cerca de 30 aparelhos celulares, carteiras, documentos, cartões e R$ 1.032, encontrados  em cima de uma mesa.

Todos foram encaminhados para a Central de Flagrantes e o caso agora é investigado pela Polícia Civil. No caso dos agentes públicos, as denúncias são encaminhadas para as Corregedorias.

Fonte | RMT

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *