Em um levantamento realizado pelo Ministério da Economia, Mato Grosso aparece em primeiro lugar como o estado com maior crescimento percentual na constituição de empresas no primeiro quadrimestre de 2020. Ao todo, foram registradas no estado 21.040 novas empresas.

Os dados apontam um crescimento de 19,1% em relação ao último quadrimestre de 2019 e 5,8% quando comparado com o mesmo período do ano passado.

Do total, 5.993 são empresas dos setores de Serviços, Comércio, Indústria, Agropecuária e outros, registradas na Junta Comercial de Mato Grosso (Jucemat). O restante, cerca de 70%, representa o número de Microempreendedores Individuais (MEI).

Conforme o relatório, é possível perceber o impacto da pandemia do novo coronavírus com a desaceleração em março e abril do saldo de empreendimentos ativos.

O Mapa de Empresas do Brasil é um levantamento nacional, realizado a cada quatro meses, para fornecer indicadores relativos ao quantitativo de empresas registradas no país e ao tempo médio necessário para abertura de empresas.

“Os números demonstram que o ambiente de negócios em Mato Grosso, com a simplificação dos incentivos fiscais, os investimentos em infraestrutura, a segurança jurídica, a transparência e recuperação econômica, estão tornando o Estado ainda mais atrativo para quem quer empreender, começar um novo negócio e crescer junto”, diz César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico.

A Região Centro-Oeste tem o tempo médio de 1 dia e 14 horas para abertura de empresas, tempo abaixo da média nacional. No país, o tempo médio é 3 dias e 21 horas. O balanço nacional aponta uma melhora, com redução de 14 horas (13,1%) em relação ao último quadrimestre de 2019.

“Com o registro automático da Jucemat, houve um avanço muito grande no tempo de abertura de uma empresa, que antes demorava até três meses, e agora, leva em média uma hora, considerando as aberturas realizadas em julho deste ano”, explica a presidente da Jucemat, Gercimira Rezende.

Ela destaca também que os serviços como a emissão de certidão, atualização cadastral, e atendimento para tirar dúvidas exclusivamente pela internet, facilitaram ainda mais o acesso para os empreendedores do estado.

Levantamento nacional

Foram abertas nos quatro primeiros meses do ano 1.038.030 empresas, o que representa um aumento de 1,2% em relação ao último quadrimestre de 2019, e queda de 1,1% quando comparado com o primeiro quadrimestre de 2019. O saldo é positivo, com 686.849 novas empresas, e um número total de 18.466.444 empresas ativas.

Confira o Mapa de Empresas do Brasil do primeiro quadrimestre AQUI.

Fonte | Governo de MT

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *