Um vídeo sobre a volta às aulas on-line postado pelo professor Marlon Souza está fazendo sucesso na internet. Gravado na Escola Estadual Jonas Lopes da Silva, em Tangará da Serra (a 239 quilômetros a médio-norte da Capital), o vídeo traz informações básica sobre o retorno às atividades não presenciais e explica o motivo dos alunos terem que estudar em casa. O vídeo, que está no facebook do professor, teve centenas de compartilhamento de escolas de todo o Estado e também de Rondônia.

“Fico feliz com a repercussão, pois em todos os cantos do Estado, recebi comentários e solicitação do compartilhamento. Quando gravei esse vídeo pensei na minha escola, em Tangará, mas ele adapta perfeitamente a toda as escolas. Professores e gestores se identificaram com o vídeo”, comemora.

Marlon Souza, que é lotado no laboratório de aprendizagem da escola, explica que, desde o início do ano letivo, a EE Jonas Lopes optou em usar as redes sociais para divulgar os trabalhos e eventos da unidade educacional.

No retorno às aulas, em agosto, surgiu a ideia do vídeo para levar as informações básicas para toda a comunidade de como iria funcionar as aulas on-line e off-line. Junto com a diretora Rosana Oliveira Mendes de Azevedo e a coordenadora pedagógica Patrícia Duarte de Oliveira, Marlon idealizou o vídeo.

O texto foi criado pela diretora que elencou os pontos a serem destacados. A partir daí, o professor realizou uma adaptação para a linguagem coloquial utilizada no vídeo. Marlon Souza possui experiência como ator e há três anos grava vídeos na sua página no Youtube e muitos deles são disponibilizados no facebook da escola.

Marlon assinala que o uso da tecnologia por parte dos professores veio para ficar. O professor acredita que as videoaulas são importantes, pois cativam os alunos que ficam mais atentos e se sentem mais motivados a estudar.

“Eu pratico muito a produção de vídeo e com isso, as gravações vão ficando com mais naturalidade. Estudo a postura, forma de conversar, frente de câmera, postura vocal e técnicas de persuasão. Mas quem nunca gravou um vídeo pode começar a treinar até conseguir dominar a técnica. Todo mundo alcança essa meta”, explica.

Fonte | Seduc-MT

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *