Indicação precisa ser aprovada pelos membros do grupo e mandato vai até 31 de outubro desse ano. Depois há reeleição

Em comunicado, o Banco Mundial confirmou o recebimento da indicação pelo governo brasileiro de Abraham Weintraub para a vaga de diretor-executivo do grupo de países – conhecido como constituency – que o Brasil lidera na instituição.

O banco reitera que a indicação precisa ser aprovada pelos membros do grupo. O mandato atual, que será ocupado por Weintraub em caso de aprovação, se encerra em 31 de outubro de 2020, quando é necessária nova indicação e eleição, com possibilidade de reeleição.

World Bank statement on the Executive Director for Brazil position

The World Bank has received official communication by the Brazilian authorities that Mr. Abraham Weintraub has been nominated to be the Executive Director representing Brazil and its constituency at the Executive Board of Directors of the World Bank Group. If elected by his constituency, he would serve the remainder of the current term, that is, until October 31, 2020 when the position would need to be re-nominated and elected.

Executive Directors are not staff, they are the representatives of our 189 shareholders.

Fonte | R7

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta