Alessandra Bárbara foi infectada dentro da unidade de saúde, onde 13 enfermeiros contraíram a doença

Morreu, na madrugada desta segunda-feira (18), a enfermeira Alessandra Bárbara, vítima da covid-19. Alessandra estava internada em leito de Unidade de Terapia Intensiva no antigo Pronto-Socorro de Cuiabá. Foram 46 dias de internação, 43 deles na UTI. Apesar de todo tratamento, Alessandra apresentava quadro grave. As infecções pulmonares pelo coronavírus e bacteriana (processo de entubação) deixaram um estrago grande no organismo da paciente. Ela chegou a fazer hemodiálise e estava com os pulmões muito comprometidos.

Alessandra era servidora do Estado há 18 anos e enfermeira do Caps Adauto Botelho.

O enfermeiro Athaíde Celestino, 63, da mesma unidade de saúde, foi o primeiro a ser confirmado com covid-19 e também não resistiu e faleceu no início do mês.

É o 28° óbito por covid-19 em Mato Grosso.

Unidade III

Foram confirmados casos de coronavírus na Unidade III do Ciaps, sendo 20 de servidores e 4 de pacientes. Grande parte dos casos foram sintomáticos leves ou assintomáticos; isto é, não manifestaram sintomas.

Todos os pacientes e profissionais que testaram positivo ou que mantiveram qualquer tipo de contato com os diagnosticados cumpriram regime de isolamento ou quarentena.

A Secretaria de Estado também procedeu com a desinfecção das instalações da unidade. A equipe técnica ainda fez o acompanhamento e o rastreamento individual dos casos, de forma a monitorar também as famílias e os contatos dos envolvidos.

Fonte | RMT   Foto | Arquivo Pessoal

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *