Em um vídeo compartilhado no Instagram da Igreja na semana passada, o pastor diz que é mentira que esteja vendendo as sementes

O Ministério Público Federal ordenou que o Youtube retire do ar vídeos em que um pastor diz que feijão ajuda na cura da covid-19. Nas imagens, Valdemiro Santiago de Oliveira, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, conta o caso de uma pessoa que teria se curado da doença com o grão.

O pastor Valdemiro ainda estimula que os fiéis comprem sementes vendidas pela igreja no valor que varia de R$ 100 a R$ 1000.

O MPF enviou um ofício pedindo a retirada dos vídeos da plataforma e a preservação dos materiais na íntegra. Além disso, o órgão solicitou que o Ministério Público do Estado de São Paulo investigue possível prática de estelionato por parte de Valdemiro.

Para a Procuradoria, o pastor usou a influência religiosa para obter vantagem pessoal ou em benefício da Igreja, induzindo às vítimas em erro — já que não há evidências científicas do uso de feijão na cura do coronavírus.

Fonte | Jovem Pan

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *