Os “Padrões de Educação Sexual” para a Europa da OMS incluem ensinar crianças de 0-4 sobre “prazer tocando o corpo” e “consciência de identidade de gênero”

O portal Summit.news, do jornalista Paul Joseph Watson, publicou numa quarta-feira de abril, 29, as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre educação infantil para a Europa.

Para crianças entre 0 e 4 anos a instituição orienta o ensino da masturbação e identidade de gênero.

“As normas para a educação sexual da OMS – uma estrutura formulada por autoridades educacionais, de saúde e especialistas – aconselha que crianças aprendam a dar prazer sexual a si mesmas e ao transgenerismo antes mesmo de aprenderem a falar”, afirmou Watson em sua coluna.

Na faixa etária de 4 a 6 anos, os educadores da OMS incentivam os pais a ensinar sobre relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo e ajudar as crianças a desenvolver respeito por diferentes padrões de sexualidade.

Veja a imagem com as diretrizes da OMS:

Clique aqui para ver o documento completo.

Fonte e Foto | Senso incomum

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *