Foi apurado pela reportagem que Kely Almeida, agente prisional, teria sofrido um infarto, no entanto, a Polícia Civil de Cáceres vai investigar o caso

Kely Almeida estava afastada do serviço devido ao coronavírus.

A agente prisional Kely Almeida foi encontrada morta no início da noite desta quarta-feira (06) dentro de casa no Residencial Dom Máximo, Avenida Alexandrino de Lacerda, bairro Vila Irene, em Cáceres (221 km da Capital).

Informações preliminares apontam para morte natural, supostamente, causada por infarto.

Conforme apurou, a servidora estava afastada do trabalho devido à pandemia do coronavírus, já que tinha problemas cardíacos e fazia parte do grupo de risco.

Segundo a ocorrência, o cadáver foi encontrado sem indícios de violência, descartando a possibilidade de um homicídio.

Powered by Rock Convert

A Polícia Militar (PM) foi acionada, isolou a área e comunicou o fato à Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e Polícia Civil, órgãos competentes para dar andamento aos procedimentos cabíveis ao caso.

Os peritos analisaram as condições em que o corpo foi encontrado e ainda periciou a casa da vítima para colher evidências que apontem como a vítima morreu.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde vai passar por exame de necropsia que vai confirmar a causa da morte.

A Polícia Civil acompanhou o trabalho da perícia, conversou com familiares e aguarda o laudo técnico que dará base às investigações e conclusão do caso.

Fonte | RMT  Foto | Arquivo Pessoal

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *