Policiais militares de Rondonópolis libertaram dois caminhoneiros mantidos reféns, na sexta-feira (24.04), no bairro Jardim Ana Clara II. Na ação, a PM apreendeu duas adolescentes (15 e 16 anos) e prendeu três homens (19, 23 e 24 anos) pelo crime. Um dos caminhões roubados pela quadrilha foi recuperado pela PM.

A polícia foi acionada pelo irmão de uma das vítimas, que denunciou que seu familiar estava sendo mantido em cárcere privado em uma residência na Rua H. Ao verificar a informação, os policiais encontraram dois caminhoneiros que estavam sendo mantidos reféns. Os suspeitos haviam fugido pouco antes.

Os policiais cercaram o bairro em busca dos suspeitos e abordaram um táxi, localizando uma adolescente, que seria namorada de um dos envolvidos. Ela apontou o paradeiro do suspeito, que foi detido após fazer compras em um mercado com os cartões bancários das vítimas.

Com a apreensão da adolescente e a prisão de um dos suspeitos, a polícia chegou a mais quatro pessoas envolvidas na ação criminosa. Uma adolescente, que estaria fugindo para o Distrito de Jarudore, em Poxoréu, foi apreendida em um ônibus intermunicipal.

Um dos caminhoneiros contou que foi procurado por uma mulher na manhã de sexta-feira (24.04). Se passando por cliente , a mulher solicitou serviço de frete de ração.

O homem foi com o irmão e disse para o parente ficar atento, pois estava desconfiado da proposta de frete e que era para ele ficar em uma esquina, vigiando. O caminhoneiro mandaria mensagem de áudio, caso estivesse tudo bem com o serviço, do contrário, o irmão poderia chamar a polícia. A vítima relatou ainda que foi espancada por um dos homens. O suspeito o agrediu com socos, chutes no rosto e que havia até quebrado seu óculos de grau.

O outro caminhoneiro disse aos policiais que os criminosos o procuraram se passando por clientes que buscavam um frete para transportar máscaras e fraldas, passando o mesmo endereço do local do cativeiro. A vítima havia sido rendida por um dos suspeitos por volta das 14h da quinta-feira (23.04), os criminosos exigiram cartões e senha para fazer compras.

O caminhão Volvo da vítima ainda não foi localizado. A PM recebeu informações de que o veículo havia sido visto na região de Jaraguari, no Mato Grosso do Sul.

A quadrilha foi conduzida à delegacia por crimes por crimes de roubo, formação de quadrilha, corrupção de menores, tortura, sequestro e cárcere privado. A PM localizou o caminhão Mercedes Benz de uma das vítimas nas proximidades do local utilizado para manter os caminhoneiros em cárcere privado.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190, ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Fonte e Fotos | PMMT

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *