Vítima de 45 anos tinha terminando o relacionamento com o suspeito e já tinha uma medida protetiva contra ele.

Uma mulher ligou para a polícia na madrugada desta quarta-feira (19) e pediu ajuda porque estava sendo mantida em cárcere na casa em que mora por quase 10 horas pelo ex-namorado, em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá.

A vítima de 45 anos estava separada havia 40 dias do suspeito e já tinha uma medida protetiva para que ele não se aproximasse dela. Ela contou que por conta de muita insistência acabou autorizando que ele entrasse em casa para uma conversa, quando foi ameaçada, agredida e teve o celular quebrado.

O ex-namorado ainda disse que mataria o filho dela.

A polícia localizou o suspeito e encontrou na casa dele uma pistola calibre 380 sem registro e 10 munições em uma mochila. O homem foi preso em flagrante e levado para a delegacia da cidade.

Ele poderá responder pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e descumprimento de decisão judicial, lesão corporal, ameaça, além de sequestro e cárcere privado.

O suspeito continua preso e deve passar por audiência de custódia ainda nesta quarta-feira (19).

Fonte | G1   Foto | PMMT

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *