Assustado, o pai da criança pediu para que sua mãe acionasse a PM. O caso foi registrado em Rondonópolis na noite de segunda-feira.

Uma mulher de 40 anos, identificada como S.N.S., foi presa após enviar mensagens ao ex-marido, que mora em Portugal dizendo que havia matado o filho do casal, de apenas 6 anos, e que se mataria em seguida.

O pai da criança, por volta das 21h, assustado com a situação, pediu para que sua mãe procurasse a Polícia Militar (PM) para denunciar os fatos.

A avó da criança explicou aos policiais que a ex-nora toma remédios controlados.

Os militares foram ao endereço da acusada, chamaram por ela no portão, mas não foram atendidos. Os policiais entraram na residência, quando S.N.S. apareceu na porta de casa com o filho e atendeu a guarnição.

Aos policiais a acusada confessou ter mandado as mensagens e explicou que foi em um momento de raiva, pois, tinha recebido uma notificação para comparecer ao Conselho Tutelar.

S.N.S. foi encaminhada à delegacia para prestar maiores esclarecimentos sobre os fatos e providências cabíveis à ocorrência. O Conselho Tutelar foi comunicado sobre o caso.

Fonte | RMT

(Visited 1 times, 6 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *