Menina de 10 anos, que mora com a tia, denunciou ter sido estuprada pelo padrasto. O suspeito, de 24 anos, negou as acusações, mas acabou preso pela Polícia Militar na tarde de domingo (3), no bairro CPA 3, em Cuiabá.

De acordo com as informações, após passar o final de semana na casa da mãe, vítima voltou para a casa da tia, que detém a guarda provisória dela, e relatou que havia sido estuprada pelo padrasto.

Segundo o relato, na noite de sábado (2), estava quase dormindo quando o suspeito chegou, deitou ao seu lado e pediu para fazer carícias em sua genitália.

Ela negou, mas em seguida, teria feito sexo oral nela. Após o ato, o agressor prometeu leva-la em um parque de diversões caso ela não contasse para ninguém.

Diante do relato, a PM foi até uma escola da região, onde o suspeito e a mãe da menina estavam. Quando a mulher soube da acusação, passou a agredir o suspeito e ainda jogou uma pedra nele, acertando a viatura.

Ele foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes e deve passar por audiência de custódia ainda nesta segunda-feira (4).

Outro lado

A irmã do suspeito ligou para a reportagem e afirmou que ele nega as acusações. Segundo ela, o único erro do casal foi estar sob efeitos de entorpecentes, mas que não houve estupro.

Fonte | Folhamax

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *