A terceira captação de órgãos para o transplante foi feita no último fim de semana, no Pronto Socorro de Cuiabá, depois do retorno das atividades pela Central Estadual de Transplantes da Secretaria Estadual de Saúde (SES), depois de 10 anos de interrupção. O serviço foi retomado em junho deste ano.

O processo para retirada e doação dos órgãos iniciou na quinta-feira (26), quando a equipe médica do Pronto Socorro notificou a Central de Transplantes sobre um caso de suspeita de morte encefálica.

A morte encefálica foi confirmada e a família autorizou a doação de órgãos.

Todo o processo, desde a notificação de uma possível morte encefálica até a efetivação da doação, envolve, em média, mais de 100 profissionais da rede da Central Nacional.

Após a retirada dos órgãos equipe de retirada de transplantes saiu de Cuiabá, com destino a São Paulo, onde foram transplantados o fígado e os rins do doador.

Segundo a SES, também será retomado o transplante de rim no estado. Os documentos já foram protocolados no Ministério da Saúde para a liberação necessária para reiniciar os trabalhos ainda este ano.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *