Secretário assina ordem de serviço no valor de seis milhões 

A ordem de serviço para a retomada da obra da escola técnica, parada há 10 anos, no bairro Castelândia, em Primavera do Leste, assinada nesta sexta-feira (12), in loco, é o resultado das articulações do prefeito Léo Bortolin junto ao governador Mauro Mendes, através do secretário de Ciência e Tecnologia, Nilton Borgato.

Pela ótica do prefeito, Primavera do Leste passa por um momento positivo, com expectativa de desenvolvimento econômico, geração de emprego, renda. “São 12 indústrias se instalando no município e essa escola vai formar mão de obra para atender a demanda que já existe e a tendência é aumentar, daí o nosso esforço em qualificar nossos jovens para enfrentar esse futuro que já começou”. Léo Bortolin entende que a maior e mais importante indústria é a do conhecimento “e essa escola tem um simbolismo muito grande”.

O secretário Nilton Borgato reiterou que o governador Mauro Mendes tem uma posição clara sobre lançar e inaugurar obras – “ele é convicto que qualquer obra tem que ter começo, meio e ser concluída, portanto não estamos aqui fazendo politicagem, essa ordem de serviço é séria”. Borgato acredita que em dois anos a obra, orçada em R$ 6 milhões, será inaugurada e o espaço físico vai comportar 1200 alunos que serão tecnicamente preparados para o mercado de trabalho não só de Primavera, mas de toda a região.

Borgato esteve em Primavera acompanhado dos deputados Nininho, Thiago Silva e Janaina Riva e todos reconheceram o empenho do prefeito na busca de recursos para oxigenar o desenvolvimento. Nininho lembrou que já esteve algumas vezes “nesse mesmo local com a expectativa de retomar a obra, mas acredito que agora é pra valer, o Governo é sério e não colocaria sua credibilidade em jogo”.

Para Janaina Riva, a conclusão dessa escola faz parte de um projeto maior do governador Mauro Mendes com apoio irrestrito dos deputados que disponibilizaram 35 milhões de emendas com finalidade de investir em reformas, ampliações e construções de escolas estaduais. “Alem disso o Governo tem um projeto de construir escolas com custo reduzido, portanto, “o valor de construir 20, vai permitir entregar cinqüenta, com material pré-moldado e toda estrutura necessária”.

O deputado Thiago Silva, que preside a Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia na Assembléia Legislativa, reafirmou que os deputados estão trabalhando com muita seriedade e priorizando as escolas técnicas, “que empregam mais que o ensino superior”. Thiago reconheceu o empenho do prefeito Léo Bortolin para transformar o município em um pólo industrial e, “o caminho é começar por preparar a mão de obra para esse mercado que se desenha promissor”.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *