Do total de casos, dois foram confirmados como feminicídio.

Powered by Rock Convert

A Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cemulher) do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) realiza uma audiência em Sorriso, a 420 km de Cuiabá, nesta sexta-feira (12). A proposta surgiu após o registro de quatro casos de morte de mulheres em menos de dois meses, no município.

A proposta da reunião é discutir mecanismos que possam reduzir os índices de violência, em especial a violência contra da mulher. Das quatro mortes de mulheres registradas entre os meses de junho e julho, duas foram confirmadas como feminicídio.

A desembargadora Maria Erotides Kneip disse que umas das primeiras ações a serem tomadas será o estabelecimento de uma Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, com a participação de vários órgãos como Secretaria de Assistência Social, delegacia, Ministério Público Estadual (MPE) e Defensoria Pública.

A secretária de Assistência Social e primeira-dama do município afirma que os índices de violência tem aumentado e que, embora a cidade seja uma referência na produção agrícola, é preciso desenvolver ações para reduzir a criminalidade.

Sorriso tem, de acordo com o último censo do Instituto de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 90 mil habitantes. A cidade é destaca na produção de soja, milho e algodão.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *