Amanda Vitória de Paula Mendes está internada no Pronto Socorro de Várzea Grande. Justiça determinou que a criança seja transferida com urgência para uma UTI.

Uma criança de 3 anos de Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, está internada em estado grave no Pronto Socorro de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, desde domingo (9). Amanda Vitória de Paula Mendes está com infecção generalizada, passou por duas cirurgias e aguarda uma vaga em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Um laudo médico apontou que Amanda precisa ser transferida com urgência para a UTI, pois corre risco de morte.

A família conseguiu uma liminar na Justiça, na quarta-feira (12), determinando que a paciente fosse transferida com urgência para uma UTI.

Conforme a decisão, havia uma vaga no Hospital Regional de Cárceres, a 220 km de Cuiabá, e a criança deveria ser transferida para o local.

No entanto, a família foi informada pelo hospital que a vaga já havia sido preenchida.

Médico cita risco de morte e internação na UTI com urgência — Foto: Arquivo pessoal

Médico cita risco de morte e internação na UTI com urgência — Foto: Arquivo pessoal

A Secretaria de Saúde de Cuiabá informou, em nota, que a criança será transferida para uma UTI pediátrica na tarde desta sexta-feira (14), após a liberação de uma vaga ocupada por uma paciente que será transferida para a enfermaria.

Já a Secretaria Estadual de Saúde (SES) disse que já autorizou o procedimento cirúrgico, que será custeado pelo estado, e determinou a cotação de preço de serviços necessários para o atendimento da criança, com urgência, e, se necessário, que a paciente seja encaminhada a uma unidade de saúde particular.

A tia da criança, Elen Karoline Sebastião de Paula, contou que Amanda estava com caxumba e foi a um hospital de Chapada dos Guimarães por duas vezes, na semana passada, até ser transferida.

“No domingo ela passou mal e estava com o pescoço roxo, o médico disse que ela teve gangrena (sangue parou de circular) e a transferiu. Na segunda-feira (10), ela passou por uma cirurgia de drenagem e saiu da sala entubada”, disse.

Segundo Elen, o estado de saúde da sobrinha se agravou e uma infecção generalizada foi constatada. A criança foi submetida a uma nova cirurgia, na quinta-feira (12), para a retirada de pus do pescoço dela.

“A mãe está com ela no hospital. Ela (Amanda) está com a respiração ofegante e continua entubada, em estado grave.”, contou.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *