O Vaticano informou nesta terça-feira (14) que reconheceu o segundo milagre atribuído à Irmã Dulce, conhecida como O Anjo bom da Bahia. Com isso, ela será proclamada Santa e será a primeira mulher nascida no Brasil a ser canonizada — quando a pessoa passa a ser considerada santa pela Igreja Católica.

O Vaticano ainda não divulgou qual foi esse segundo milagre. O primeiro atribuído à Irmã Dulce trata da recuperação de uma paciente que teve uma grave hemorragia pós-parto e cujo sangramento subitamente parou, em intervenção médica. Foi esse milagre que levou a Irmã Dulce a sua beatificação, em 22 de maio de 2011.

“Com o Decreto autorizado pelo Santo Padre reconhecendo o milagre atribuído à intercessão de Irmã Dulce, a Baeta será proximamente proclamada santa em solene celebração de canonizações”, disse o site.

Entre outros decretos promulgados, houve destaque também para o que reconhece as virtudes heroicas do Servo de Deus Salvador Pinzetta, Frade Menor Capuchinho nascido em Casca, no Rio Grande do Sul, em 1911 e falecido em 1972.

Fonte | Jovem Pan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *