Policiais da 6ª Companhia de Sapezal (a 480 quilômetros de Cuiabá) prenderam, nesta terça-feira (26.03), I.C.G.S., (18), depois de uma denúncia de que ele estaria comercializando entorpecente na região da rodoviária. Na residência do suspeito, os policiais encontraram anotações onde a denominação das drogas foi substituído por nomes de alimentos.

Nas citações encontradas feijão significava maconha, pó era cocaína e óleo era pasta base. Havia ainda anotações de dívidas de pessoas envolvidas no tráfico de drogas, além de comprovantes de oito depósitos que totalizavam R$ 9 mil. Há suspeita de serem pagamentos para quitar dívidas de drogas enviadas a Sapezal.

Antes da abordagem, na região da rodoviária, ele tentou dispensar porções de maconha, mas em vão. Em seguida, os policiais foram até a sua residência onde encontraram os produtos apreendidos. Em depoimento, o homem confessou que manipulava pasta base para virar cocaína. Ele foi encaminhado à delegacia para as devidas providências.

Fonte | Folhamax

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *