Criminoso de 18 anos morreu e adolescente de 16 foi apreendido, nesta quarta-feira (20), pela Polícia Militar de Sorriso (420 km ao sul de Cuiabá). M.T. e S.R.B., respectivamente, são acusados de assassinar Jonathan Henrique, 22, e Jéssica Quintino, 26, durante a madrugada. O casal foi morto na frente dos 4 filhos.

Os policiais receberam informações de que os suspeitos estariam em uma residência no bairro Vila Bela. No local, os militares identificaram o adolescente, que estava com uma arma na cintura, com 13 munições. Logo depois, viram o outro rapaz, que manuseava uma arma de fogo.

M.T. tentou fugir pulando muro de várias casas, mas foi pego após a polícia realizar cerco na região. Ao resistir a prisão, ele apontou sua arma contra os policiais e os militares revidaram atingindo o suspeito. Ele foi socorrido, mas morreu na unidade de pronto atendimento.

O menor de idade, as munições e o revolver calibre 38, com numeração raspada, foram encaminhados à delegacia da cidade para as devidas providências.

O caso

Jonathan Henrique, 22, foi o primeiro a ser morto, atingido por disparos na cabeça e no peito. Mãe de 4 crianças, entre elas as gêmeas de 9 meses, Jéssica amamentava um dos bebês na hora que foi executada. A criança caiu do colo, mas não ficou ferida. As outras 3 crianças, a bebê de 9 meses, uma de 3 anos e outra 8 anos, também não foram machucadas pelo assassino.

Segundo uma testemunha do crime, o assassino arrombou a porta da casa da família e entrou mandando o jovem erguer as mãos. Imediatamente, fez os disparos contra ele e, depois, contra a esposa. Segundo a Polícia, o casal vivia junto há cerca de 5 anos, sendo que apenas a criança mais velha não era filha de Jonathan.

Fonte | Gazeta Digital

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *