O candidato a presidente Fernando Haddad (PT) disse, nesta 5ª feira (27.set.2018), que “tem certeza” que o presidenciável Ciro Gomes (PDT) o apoiará no 2º turno das eleições.

A declaração foi dada na cidade gaúcha de Caxias, onde Haddad participou de ato de campanha.

Ele foi perguntado sobre a declaração do pedetista de que preferia governar sem o PT caso seja eleito. O petista respondeu que “no Ceará isso não é verdade”. O governador do Estado é do PT e do grupo político de Ciro.

“Nós [Haddad e Ciro] somos muito próximos. Estaremos juntos no 2º turno, eu tenho certeza disso. Posso assegurar que nossa vontade é estarmos juntos”, declarou.

No debate com candidatos a presidente realizado pelo SBT/Folha/Uol nesta 4ª (26.set), o ex-governador do Ceará recusou uma aliança com o partido. “Se eu puder governar sem o PT, eu prefiro. Foi o PT que criou essa estrutura de poder odienta que acabou criando o Bolsonaro”.

Na ocasião Haddad respondeu que “há pouco tempo” Ciro o convidou para ser vice na sua chapa e “chamava de dream team”.

O  ex-prefeito de São Paulo também comentou no ato de campanha no interior gaúcho sobre a decisão do STF de manter cancelados os títulos de eleitor das pessoas que não fizeram o cadastramento biométrico.

“Tem várias situações em que a pessoa às vezes perde o prazo, não recebeu a informação no tempo certo, é 1 anafalbeto, idoso ou trabalhador rural. Cassar o direito dessas pessoas votarem pode causar uma certa frustração. Não estou preocupado com o resultado eleitroal, mas com o cidadão”, afirmou.

Nesta 5ª Haddad ainda participa, também no Rio Grande do Sul, de atos de campanha nas cidades de Canoas e Porto Alegre. A sua candidata a vice Manuela D’Ávila (PC do B) o acompanha nos eventos.

Fonte | Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *