Sintomas começaram com febre alta e dores de cabeça. Doença foi diagnosticada quatro dias depois dos sintomas começarem.

De acordo com a mãe, a família que mora em Paranatinga, a 411 km da capital, os sintomas da doença começaram no dia 6 deste mês, com febre alta e dor de cabeça. Porém, o exame para diagnóstico efetivo não é feito no município.

A família decidiu levar Pietro até Primavera do Leste, onde o exame foi feito e a meningite diagnosticada. O menino foi imediatamente internado num hospital particular que faz atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde.

Segundo a mãe da criança, a doença já foi controlada e Pietro está bem. A previsão é que receba alta na próxima segunda-feira (17).

Infográfico explica a meningite — Foto: G1 Infográfico explica a meningite — Foto: G1

Infográfico explica a meningite — Foto: G1

De acordo com o médico de Cuiabá, Marcelo Sandrin, é possível contrair meningite mesmo tendo tomado a vacina. Uma das explicações é que o menino poderia já ter contraído o vírus antes de tomar as vacinas, porém, poderia não ter se manifestado ainda.

Por outro lado, segundo ele, o fato da criança ter sido imunizada diminui significativa os efeitos da doença e o risco de que ela se agrave.

Falta de vacina

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Advanilson Sampaio, embora fornecida gratuitamente nos postos, a vacina contra meningite está em falta no município.

Fonte | G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *