A procuradora-geral Eleitoral, Raquel Dodge, pediu a rejeição do pedido de registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República.

Ela se manifestou em sessão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que julga se o petista pode ou não ser candidato a presidente.

Segundo Dodge, Lula foi condenado pela 2ª Instância da Justiça Federal e não pode disputar o pleito.

“O candidato tem condenação criminal por órgão colegiado, e a candidatura esbarra, portanto, na Lei de Inelegibilidade”, afirmou a procuradora.

Lula está preso desde 7 de abril na sede da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Ele foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão na ação penal do caso do triplex em Guarujá (SP).

O PT registrou o ex-presidente como candidato a presidente. Fernando Haddad foi registrado como candidato a vice-presidente porque, caso a candidatura de Lula seja barrada, ele deve assumir a cabeça de chapa. Dessa forma, Manuela D’Ávila, do PC do B, assumiria a candidatura a vice.

Fonte | Poder 360 com Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *