Diariamente, médicos em todo o planeta precisam lidar com situações que dificilmente estão previstas nos manuais. Em um estudado publicado no periódicoThe Dutch Journal of Medicine, profissionais de saúde holandeses relataram um desses casos: um homem de 29 anos foi internado após sentir fortes dores estomacais. Ao realizar uma análise mais detalhada, foram encontrados 15 ovos cozidos sem casca que estavam na região do reto do paciente, após serem inseridos em seu ânus de maneira voluntária.

De acordo com o relato, o homem consumiu uma droga conhecida como GHB. Por conta de seus efeitos anestésicos e da provocação de delírios, a substância é utilizada por criminosos para cometer estupros. O paciente, no entanto, teria consumido a droga de maneira recreativa.

Ao chegar no hospital, o quadro de saúde era grave: o homem apresentava frequência cardíaca alta e respiração acelerada. Os exames mostraram que havia uma perfuração do cólon pélvico e quantidades de ar e fluídos na cavidade abdominal.

Para salvar a vida do paciente, foi necessário realizar um procedimento chamado de laparotomia, para acessar a cavidade abdominal. Os ovos foram devidamente removidos e a região passou por um processo de limpeza, para evitar infecções. Felizmente, o homem conseguiu se recuperar e, após alguns dias hospitalizado, foi liberado ao apresentar boas condições de saúde.

Fonte | Revista Galileu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *