“Alex Bafo” disse que tem sonho de ingressar na instituição

O jovem Airton Alex Nunes, denunciado por se passar policial civil em Cuiabá, se apresentou espontaneamente nesta quarta-feira à Delegacia de Roubos e Furtos (Derf). Em seu depoimento, ele disse que usava o uniforme da instituição para conquistar mulheres e que possui o “sonho” de ingressar na Polícia Judiciária Civil.

Na semana passada, o rapaz, conhecido como “Bafo”, foi alvo de busca e apreensão após imagens dele serem divulgadas usando uniforme, com identificação da instituição e da unidade policial. No apartamento de Alex, a polícia civil encontrou o uniforme completo e o brasão da Instituição.

Conforme informações, ele garantiu à polícia que as fotos eram compartilhadas apenas de forma interna por aplicativo Whatsapp. Ele disse que enviava as mulheres, com objetivo de “conquistá-las”.

Além disse, contou que tem o sonho de pertencer aos quadros da instituição. O rapaz disse que estuda para passar em concursos públicos da polícia.

O falso policial relatou ainda que a espingarda usada na foto é de pressão. Já a pistola, é de um amigo Policial Militar.

Sobre o uniforme, “Bafo”, contou que adquiriu em uma compra pela internet, no site Mercado Livre.  O suspeito deve responder por uso ilegítimo de uniforme ou distintivo, mas foi liberado.

Fonte | Folhamax

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *