Estimativa é de que 300 estabelecimentos do ramo funcionam informalmente na capital. Prefeitura pretende regularizar 90% dos locais.

Quase metade das oficinas mecânicas de Cuiabá pode ser interditada por oferecer risco ambiental e apresentar irregularidades na documentação.

A estimativa é de que atualmente haja 650 estabelecimentos do setor na Capital.

O assunto foi tema de reunião na terça-feira (7) entre a prefeitura e representantes do Sindicato Intermunicipal da Indústria e Reparação de Veículos do Estado de Mato Grosso (Sindirepa).

O órgão tentará regularizar as oficinas.

Das 300 oficinas que funcionam na informalidade, a expectativa é que 90% ajuste as documentações.

Ainda na reunião, a prefeitura diz que o caso preocupa por apresentar riscos ao Rio Cuiabá e córregos afluentes por onde escorrem óleo e resíduos químicos não tratados.

A perspectiva é de criar um canal de denúncia para que a informação chegue a todos os empresários.

O encontro da categoria deve acontecer no mês de setembro. A partir daí serão discutidos os prazos para as ações e as penalidades aplicadas aos infratores.

Fonte | G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *