Os Besouros do Ritmo, famosíssima banda inglesa dos anos 60, mais conhecida mundialmente como The Beatles (que tinha os liverpoolianos John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr na sua formação, caso você não saiba ou não se lembre), tem uma canção muito linda (e, infelizmente, pouco conhecida), presente no álbum Revolver, de 1966, chamada Here There And Everywhere, composta e cantada por Paul McCartney, tendo os demais componentes da banda fazendo o overdub das harmonias vocais, inspiradas na música da banda californiana Beach Boys e no brasileiríssimo violão de João Gilberto!

Na sua letra, a canção traz o desejo de estar sempre perto da pessoa amada, zelando por ela, tentando cultivar a certeza de que o casal estará em sintonia em todos os lugares: aqui, lá e acolá. Talvez também por isso, Paul McCartney a considerava uma das suas melhores canções, enquanto que seu parceiro John Lennon disse certa vez que ela era uma das suas preferidas dentre todas as canções que compõem a discografia da banda britânica.

De modo similar ao que é expresso nessa música dos Beatles, sempre que possível, lembro às pessoas (meus alunos ou não) que o inglês (ou a língua inglesa) está por toda a parte e nós devemos não apenas reparar nesse fato e tirar proveito disso, mas principalmente ao menos (tentar) manter uma relação de afeição/respeito por ela/ele. Se isso for feito (ou mantido) de forma adequada pelos interessados, a perspectiva de maior e melhor aprendizagem se torna mais plausível, visto que nosso posicionamento frente ao objeto do nosso desejo (ou interesse/necessidade) influencia decisivamente no nosso querer, fazer e resultado diário.

Dito isto, please passe agora a reparar mais nas grandes e pequenas coisas em inglês que nos rodeiam, como o nome dos exercícios físicos que fazemos (como free style, jogging e spinning) e o nome do modelo de carro/moto que temos (pick-up, Civic e Titan), okay? E, se você tiver um tempinho, tente ouvir outras canções do Fab Four (como os Beatles são também conhecidos), como é o caso de Do You Want To Know A Secret (do álbum Please Please Me, de 1966) e Yesterday (do álbum Help!, de 1965), e preste atenção redobrada na melodia e na letra de Here There And Everywhere, combinado? Tenha a certeza de que você não vai se arrepender – como eu não me arrependi por ter aprendido inglês há muitos anos…

Fonte | Jerry Mill -Mestre em Estudos de Linguagem (UFMT), conselheiro da Associação Livre de Cultura Anglo-Americana (ALCAA), membro-fundador da ARL (Academia Rondonopolitana de Letras), associado honorário do Rotary Club de Rondonópolis e autor da biografia Lamartine da Nóbrega – Uma História Como Nenhuma Outra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *