O deputado federal Adilton Sachetti (PRB) não estará no grupo de Mauro Mendes (DEM) na eleição de outubro. Os dois se reuniram na manhã desta quinta-feira (25) e não chegaram a um acordo para adequar o parlamentar na chapa, que deve anunciar o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD) como pré-candidato à segunda vaga de Senado nas próximas horas.

A informação foi confirmada pelo próprio Sachetti. Na última conversa, Mendes foi sincero em dizer que não teria espaço para o parlamentar em sua chapa, pelo fato de ele não abrir mão de disputar o cargo de senador.

Com a decisão, Sachetti voltará a conversar com o senador Wellington Fagundes (PR) para conseguir espaço. O deputado também não descartou disputar a eleição com uma candidatura avulsa.

Mais cedo, a Rádio Capital divulgou entrevista concedida por Sachetti antes da reunião com Mauro Mendes. Na ocasião, ele já aventava a possibiliade de disputar as eleições longe do Democratas.

“Exatamente, tem duas possibilidades. Tenho conversado com o grupo do Wellington, que graças a Deus nunca me fechou as portas. Tenho também a possibilidade de uma candidatura avulsa, que é possível, já tivemos em outros pleitos outros candidatos avulsos, então existem duas possibilidades para eu disputar”, disse em entrevista a Rádio Capital FM.

O deputado tem até o dia 5 de agosto para definir entre as duas opções, para conseguir disputar o Senado.

 

Fonte | OlharDireto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *