As garotas fugiram de casa. De acordo com a mãe, a menina de 13 anos faz uso de medicamentos controlados.

 

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil e o Conselho Tutelar de Rondonópolis (212 km ao Sul) localizou, na tarde desta terça-feira (21), duas primas, menores de idade, que estavam desaparecidas desde o dia 12 de novembro.

As adolescentes identificadas como K.G.S.L, de 13 anos, e F.S.B., de 14 anos, foram encontradas em uma residência no bairro Residencial Margaridas. Os policiais chegaram até elas através de monitoramento na região do desaparecimento.

De acordo com informações da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP), unidade vinculada à 2ª Delegacia de Polícia da Vila Operária, uma das  meninas se sentiu incomodada com a presença da polícia na região e decidiu deixar o local que estava abrigada. A garota retornou para a casa da mãe, que avisou os policiais.

A mãe de uma das meninas entrou em contato com os policiais para informar que K.G.S.L havia retornado. Já a sobrinha F.S.B, foi localizada após rondas no bairro, quando seguia para a casa de outro familiar.

A menor de 13 anos, segundo a mãe, faz uso de medicação controlada devido a um tumor na cabeça. A mulher informou ainda aos policiais que a sobrinha possui histórico de tentativas de fugas de casa, quando morava com sua mãe.

A polícia vai investigar o motivo da fuga das meninas.

 

Fonte | ReporterMT

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta