Milene Falcão Eubank foi sequestrada ao buscar o filho em uma escola na capital. À polícia, suspeito confessou participação no crime e em troca de tiros com a polícia

A Polícia Civil prendeu mais um suspeito de estar envolvido no sequestro da empresária Milene Falcão Ewbank, que foi levada por bandidos em Cuiabá ao buscar o filho em uma escola particular na sexta-feira (17). Walisson Lucas de Souza, de 20 anos, é o oitavo a ser preso por participação no crime. Um nono suspeito ainda é procurado pela polícia.

Com o suspeito, os policiais apreenderam uma pistola teria sido usada na troca de tiros entre os sequestradores e os policiais, quando a empresária foi resgatada. Segundo a polícia, ele é um dos três sequestradores que trocaram tiros com os policiais. O rapaz confessou a participação no crime e disse que fugiu no momento que um policial civil foi alvejado no rosto.

Milene Falcão Eubank foi sequestrada na tarde de sexta-feira (17), em Cuiabá (Foto: Arquivo Pessoal)

Milene Falcão Eubank foi sequestrada na tarde de sexta-feira (17), em Cuiabá

A prisão ocorreu no Bairro Ouro Fino, em Cuiabá, na noite de sábado (18). O suspeito foi apontado pela vítima como um dos que estavam no cativeiro, tendo inclusive levado um lanche para ela.

Segundo a polícia, a pistola 638 que foi apreendida com o suspeito estava dentro de uma lata de lixo, no banheiro da casa onde ele foi localizado. A arma tem registro de roubo, pertencente a empresa Rainha das Armas, em Várzea Grande, região metropolitana da capital. No local, também foram apreendidos um tablet e uma televisão.

Polícia invade cativeiro, resgata empresária e prende 7 envolvidos em sequestro em Cuiabá

Polícia invade cativeiro, resgata empresária e prende 7 envolvidos em sequestro em Cuiabá

O sequestro

De acordo com a Polícia Civil, a empresária foi abordada por dois homens armados enquanto pegava o filho numa escola, no Bairro Quilombo. Ela descia do carro quando foi obrigada a voltar para o veículo. Depois da ação, eles fugiram do local.

A ideia inicial dos assaltantes, segundo a polícia, era roubar o carro. Entretanto, ao perceber que a empresária possuía bens, decidiram sequestrar a vítima. Antes de deixar Milena no cativeiro, os ladrões pegaram o dinheiro, os cartões e as senhas da vítima. Na rua, eles fizeram compras em lojas de bijuteria e distribuidoras de bebidas.

A Polícia Civil resgatou a empresária na madrugada de sábado (18). De acordo com a polícia, a vítima foi deixada em uma casa no Bairro Centro América, na capital.

Sidney Ribeiro dos Santos foi atingido por disparo durante confronto (Foto: Arquivo Pessoal)

Sidney Ribeiro dos Santos foi atingido por disparo durante confronto (Foto: Arquivo Pessoal)

Policial ferido

O investigador da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), Sidney Ribeiro dos Santos, foi baleado no rosto durante as buscas pelos sequestradores da empresária. De acordo com a Polícia Civil, ele passou por procedimento cirúrgico para retirada do projétil, que atingiu a medula, e foi transferido para uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O estado de saúde dele é estável. O suspeito de atirar contra o policial ainda é procurado.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta