João Pereira de Almeida, 39 anos, acusado de matar a esposa Rosimere dos Santos, se entregou na Delegacia de Polícia de Rondonópolis algumas horas após cometer o crime na cidade de São José do Povo (a 40 km de Rondonópolis).

Conforme o delegado Lucídio Rondon, o indivíduo disse que havia discutido com a esposa após ela relatar que queria se separar para viver com outra pessoa. “Ele disse que se exaltou, se armou com um machado que estava próximo e desferiu um golpe na vítima” explicou.

João disse que conviveu com a esposa durante o período de 8 anos e tiveram um filho que está com 6 anos.

“Cheguei do trabalho, a gente teve uma discussão e ela me falou umas coisas que eu não gostei, ai agredi ela com um machado. Peguei minha moto e fui embora. Fiquei um pouco parado e refletindo o que eu tinha feito e segui. Meu filho não estava no momento do crime. Ele estava brincando no terreno. Eu só refleti depois, não estava ciente no momento. Sou um pai de família que sempre trabalhou e aconteceu o que tinha que acontecer. Agora vou ter que pagar pelo que fiz. Acabei com a minha família e não tenho nem palavras para pedir perdão” relatou.

 

Fonte | AgoraMT

Foto | Varlei Cordova

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *