O significado do nome dele já diz tudo, ‘’sentir-se bem, vida saudável’’ esse é o termo mais adequado para o famoso Kefir, que também pode ser considerado um antidepressivo natural.

Também conhecido como “quefir”, o kefir é um leite fermentado produzido a partir da ação dos micro-organismos presentes naturalmente nos grãos de kefir.

Os grãos são constituídos por uma associação positiva entre leveduras e bactérias benéficas. Os micro-organismos presentes nos grãos variam de acordo com a região de origem, o substrato utilizado para a produção do kefir, o tempo de utilização e as técnicas usadas para a sua manipulação.

Podemos dizer que o kefir é um complemento alimentar de alto valor terapêutico, e também um alimento probiótico, ou seja, rico em bactérias e micro-organismos que fazem bem à flora intestinal enquanto tratam doenças.

Por conter aminoácidos, como o triptofano, é essencial para a saúde do cérebro. Ter uma fonte diária de triptofano, traz muitas vantagens, entre elas um sono saudável e ficar de bem com a vida. A substância age como um antidepressivo natural, pois é a matéria-prima da serotonina, o hormônio responsável pelo bom humor.

Cientistas cada vez mais estudam a ligação entre nosso intestino e o cérebro, e distúrbios intestinais parecem ligados ao e a transtornos psiquiátricos , como ansiedade e depressão.

Para saber mais, os cientistas experimentaram com ratos, alimentando-os com um liquido contendo lactobacilos, eles descobriram que os roedores exibiram significativamente menos comportamentos ligados ao estresse, ansiedade e depressão do que os ratos alimentados com liquido simples.

Não é à toa que o Kefir é considerado um Superalimento, ele contém em sua composição todos estes componentes:

Cálcio
Fósforo
Proteínas
Vitamina B12
Magnésio
Riboflavina (vitamina B2)
Vitamina D
8 variedades de leveduras
2 tipos de bactérias acéticas
16 tipos de lactobacilos
Aproximadamente 9 streptococci/lactococci
Ácido pantotênico
Ácido fólico
Vitamina B
Vitamina B3
Vitamina B6
Vitamina K,
Carboidratos
Gorduras
Lactase
Potássio
Aminoácidos
Triptofano.

Fonte | Dr. Victor Sorrentino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *