Filme do Pelé, sobre Godard, animação infantil e os novos de Liam Neeson e Cate Blanchett concorrem com o Deus do Trovão.

Outubro termina com poucos lançamentos, e isso se deve ao domínio do circuito pelo Deus do Trovão — Thor: Ragnarok é a grande estreia da semana nos cinemas brasileiros, ocupando quase 1.400 salas (cerca de 43% do total). No filme dirigido por Taika Waititi, o Vingador de Asgard terá a ajuda do irmão Loki (Tom Hiddleston), do poderoso Hulk (Mark Ruffalo) e da novata Valkyrie (Tessa Thompson) para derrotar a deusa da morte Hela (Cate Blanchet).

Missão Cegonha surge como a opção para a criançada — e também para os adultos, com seu bom ritmo e personagens divertidos. Embora realizada longe dos famosos estúdios de Hollywood, a animação europeia chega a 220 salas. Para felicidade do Chaves, outro grande lançamento é o filme do Pelé, O Nascimento de uma Lenda. A história em língua inglesa sobre a ascensão do Rei do Futebol está sendo distribuída em 55 salas, com os novatos Leonardo Lima Carvalho e Kevin de Paula apoiados por Seu Jorge, Vincent D’Onofrio, Milton Gonçalves e grande elenco.

Liam Neeson largou o papel durão para mostrar quem é o homem que revelou todo o escândalo de Watergate no filme Mark Felt: O Homem Que Derrubou a Casa Branca, que estreia em 49 salas. Também chega ao grande público um dos maiores sucessos do Festival do Rio 2017: O Formidável, uma cinebiografia cômica, bem ácida, dirigida pelo premiado Michel Hazanavicius (O Artista). No lançamento em 30 salas, o cineasta francês mostra as contradições de seu genial conterrâneo Jean-Luc Godard, vivido com maestria por Louis Garrel.

Por fim, estreia em 25 salas outro filme presente na “maratona cinéfila” carioca, e outro filme estrelado por Cate Blanchet: Manifesto, uma tentativa de Julian Rosefeldt em descobrir se os manifestos de arte históricos podem ser aplicados à sociedade contemporânea.

Confira abaixo, críticas e a opinião da imprensa sobre os filmes que estreiam nessa semana.

Thor: Ragnarok: “Chris Hemsworth e Tom Hiddleston seguem com uma ótima química em cena e agora surgem mais divertidos do que nunca. Por sinal, Loki está um personagem cada vez mais complexo, não sendo somente aquele grande vilão, ser todo poderoso. Está claro o efeito que as derrotas passadas causaram nele. A dupla conta com a companhia de Mark Ruffalo e Tessa Thompson na formação de uma nova equipe do universo Marvel.”

Fonte | AdoroCinema.com
Vídeo | Reprodução YouTube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *