Mais de uma pessoa teria invadido a igreja, defecaram no chão e ainda esfregaram fezes na imagem da Santa Nossa Senhora Aparecida.

Criminosos invadiram um templo católico, defecaram, urinaram e danificaram as ornamentações da Igreja Matriz de Juara (697 km ao Norte de Cuiabá) neste sábado (21).

Quando o pároco da igreja, padre Vagno Reato, se deparou com a cena, ele lamentou e se emocionou ao relatar os fatos para a imprensa local.

Ele disse que o ato de desrespeito foi praticado provavelmente entre a noite de sexta-feira e a madrugada de sábado. Os criminosos entraram pelos fundos da igreja.

Provavelmente mais de uma pessoa teria invadido a igreja, defecaram no chão e ainda esfregaram fezes na imagem da Santa Nossa Senhora Aparecida que estava em exposição. Depois jogaram a imagem no chão e desmancharam a ornamentação que estava pronta.

A Igreja Católica celebra neste ano 300 anos de aparição de Nossa Senhora de Aparecida, encontrada em outubro de 1717 por pescadores, no Rio Paraíba, em Guaratinguetá (SP).

“Realmente, uma coisa inacreditável. Como podem existir pessoas assim? O que há na cabeça de uma pessoa para fazer tal ato na nossa igreja matriz?”, desabafou o pároco, em entrevista à Rádio Tucunaré.

Até o momento ninguém foi preso. A Polícia Militar (PM) fez rondas na região para tentar obter informações que leve aos criminosos.

O caso passa a ser investigado pela Polícia Judiciária Civil (PJC) que busca imagens de sistemas de seguranças para tentar identificar os criminosos.

Fonte | ReporterMT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *