Manifestantes montaram barreira com galhos, pneus e madeira, na MT-130, em Rondonópolis. Famílias reclamam da suspensão das visitas por causa da greve.

 

Famílias de presos da Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, a Mata Grande, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, trancaram trecho da MT-130, no município, neste sábado (21), para protestar contra a paralisação dos agentes penitenciários, que teve início hoje. Por causa da greve, as visitas serão suspensas e os parentes reclamam que não houve nenhum comunicado da suspensão. A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos ainda não se manifestação sobre a paralisação.

“Eles deveriam ter avisado as famílias dos presos e a gente saiu de tão longe. Eu mesma vim de Primavera do Leste para visitar meu filho e não vou conseguir, nós não temos culpa”, disse Silvana Lopes, mãe de um preso.

Os manifestantes fecharam a MT-130 por cerca de 3 horas, com pneus, galhos e madeira. Também colocaram fogo em pneus.

Protesto causou congestionamento na MT-130 neste sábado (Foto: TVCA/ Reprodução)

Os servidores pararam em todo o estado por tempo indeterminado. Eles querem reajuste salarial e dizem que o governo não quer negociar com a categoria.

As visitas estão suspensas e só são realizados serviços essenciais. Segundo o Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen-MT), será realizada a operação Padrão no estado, ou seja, apenas serviços essenciais serão mantidos, até que o governo se reúna com a comissão negociadora representante dos servidores.

Ficou definido pelos agentes que será mantido apenas a segurança das unidades, com agentes penitenciários posicionados na torre, contenção e guarita. As visitas das famílias aos presos, que acontecem às quartas-feiras e domingos, estão suspensas. Além disso, demandas relacionadas à alimentação e escoltas de presos serão atendidas apenas em caso de emergência de saúde do detento.

Parentes de presos da Mata Grande fizem a manifestação (Foto: TVCA/ Reprodução)
Parentes de presos da Mata Grande fazem a manifestação (Foto: TVCA/ Reprodução)

Fonte | G1-MT – 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *