O corretor de imóveis Altair Monteiro e mais dois sócios, Ivo Debona e Walter Márcio Guimarães, estão implicados em mais de 1.000 denúncias de pessoas que investiram em uma nova pirâmide financeira de nome ‘NewHopex’ e se dizem lesadas.
Em vídeos que circulam nas redes sociais, principalmente no Youtube, as pessoas falam que sofreram um grande golpe, mas nenhuma denúncia formal foi registrada na polícia civil, especialmente na Delegacia Especializada em Costumes e Defraudações.
Com base em Cuiabá, onde já deu prejuízo a centenas de pessoas, segundo depoimentos na rede, a NewHopex ainda está atuando contra os menos desavisados e tem como seu líder [posição que significa chefe, coordenador geral] Altair Monteiro.
golpe da pirâmide NewHopex sob o comando do corretor de imóveis se baseia em uma plataforma muito conhecida, como a Telexfree e One Thor. Líderes dessas outras duas terminaram enquadrados pela justiça e alguns respondem a processos criminais. As pirâmides se desfizeram. Alguns desses vídeos mostram Altair reconhecendo “erros” e se desculpando com investidores.
O delegado regional da Polícia Judiciária Civil, Cley Celestino disse à reportagem se tratar, nesse caso, de um crime, mas adiantou que os pretensos prejudicados ainda não foram à polícia. O golpe da pirâmide NewHopex sob o comando do corretor de imóveis se baseia em uma plataforma muito conhecida, como a Telefree e One Thor, cujos responsáveis terminaram nas garras da justiça, indiciados por estelionato, crimes contra a economia popular e defraudação.
A polícia diz que muitos desses “investidores” sentem-se envergonhados ou se colocam como cúmplices do esquema criminoso e terminam ficando no prejuízo e não acionam aas autoridades. Na semana retrasada, o sistema fez um comunicado no qual seus “chefes” Altair Moreira da Silva Monteiro, Ivo Debona e Walter Márcio Guimarães, promete devolver o dinheiro em 90 dias.

Fonte: Redação Muvuca Popular – 13/10/2017 14:41:29

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *